75 anos atrás, no dia 06/8/1945, os EUA jogavam a bomba atômica sobre a cidade de Hiroshima.

75 anos atrás, no dia 06/8/1945, os EUA jogavam a bomba atômica sobre a cidade de Hiroshima, no Japão

A bomba atômica que os militares dos Estados Unidos jogou sobre a cidade de Hiroshima foi lançada pela manhã, às 8h15 do dia 6 de agosto de 1945. A bomba atômica que devastou a cidade de Hiroshima tinha três metros de comprimento e pesava aproximadamente quatro toneladas. Composta por urânio-235, a bomba atômica foi lançada por um avião de bombardeio, o “B-29”. A “little boy” foi atirada a mais de 500 metros acima da cidade, causando a morte instantânea de 80% das pessoas que estavam no raio de 1 quilometro do lançamento.

A nuvem de “cogumelo” – tóxica e radioativa – que a bomba atômica causou sobre a cidade de Hiroshima (esquerda) após a queda da bomba nuclear Little Boy e sobre a cidade de Nagasaki, após o lançamento de 2ª bomba atômica nuclear Fat Man. Os nomes das bombas são ironias sarcásticas.  

Bomba atômica jogada sobre a cidade de Nagasaki, no Japão, dia 09/8/1945.

Três dias depois, no dia 9 de agosto de 1945, outra bomba nuclear foi lançada, só que agora na cidade de Nagasaki. A “fat man” era feita com plutônio-239, tinha três metros de comprimento e pesava quatro toneladas.

Instantaneamente mais de 70 mil pessoas morrem e na primeira semana as mortes chegam a mais de 200 mil pessoas, sem contar os animais e outros seres vivos. Dentro dos primeiros 4 meses após os ataques atômicos, os efeitos agudos das explosões mataram centenas de milhares de pessoas em Hiroshima e 60 mil e 80 mil seres humanos em Nagasaki; cerca de metade das mortes em cada cidade ocorreu no primeiro dia. Durante os meses seguintes, vários morreram por causa do efeito de queimaduras, envenenamento radioativo e outras lesões, que foram agravadas pelos efeitos da radiação.

Atenção! No Brasil há existem três usinas nucleares em Angra dos Reis, RJ, impostas pela ditadura militar-civil-empresarial de 1964. O desgoverno federal e megaempresários estão tramando para construir várias outras usinas nucleares na Bacia Sanfranciscana. Isso é inadmissível, é colocar bombas na cabeça do povo brasileiro, atém de ‘outras’ que já existem. Na Europa estão desativando usinas nucleares, pois a sensatez indica que não compensa investir em energia nuclear, pois os riscos são imensos. Já houve vários acidentes/crimes anunciados em usinas nucleares que mataram milhares de pessoas e contaminaram por décadas várias regiões.

Divulgação: Frei Gilvander Moreira, da CPT, das CEBs, do CEBI, do SAB e da assessoria de Movimentos Populares, em Minas Gerais.

Acompanhe a luta pela terra e por Direitos também via www.gilvander.org.br  – www.freigilvander.blogspot.com

 No Instagram: Frei Gilvander Moreira (gilvanderluismoreira)

No Spotify: Frei Gilvander luta pela terra e por direitos

*Inscreva-se no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link: https://www.youtube.com/user/fgilvander, acione o sininho, receba as notificações de envio de vídeos e assista a diversos vídeos de luta por direitos sociais. Se assistir e gostar, compartilhe.

Sugerimos. #FreiGilvander #NaLutaPorDireitos #PalavrasDeFéComFreiGilvander #PalavraÉticacomFreiGilvander

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *