A música, segundo Eduardo Galeano

A música, segundo Eduardo Galeano

Narração: Carmem Imaculada de Brito

A música, segundo Eduardo Galeano

Era um mago da harpa.

Nos altiplanos da Colômbia,

 não havia festa sem ele.

Para que a festa fosse festa,

 Mesé Figueredo tinha de estar ali,

com seus dedos bailarinos que alegravam os ares e alvoroçava as pernas.

Certa noite,

num caminho deserto,

os ladrões o assaltaram.

Ia Mesé Figueredo,

 no lombo de mula,

 a uma festa de casamento.

Numa das mulas ia ele,

Na outra a harpa,

 quando os ladrões o atacaram

e o moeram a abordadas.

No dia seguinte, alguém o encontrou.

Estava tirado no chão,

 um trapo sujo de barro e sangue,

 mais morto do que vivo.

E então aquele farrapo humano disse com fiapo de voz:

-Levaram as mulas.

 E disse:

– Levaram a harpa.

E respirou fundo, acrescentando:

– Mas não levaram a música.

 trecho do livro de Eduardo Galeano De pernas para o ar a escola do mundo ao avesso, p. 336.

= = = = = =

Edição e Divulgação: Frei Gilvander Moreira, da CPT, das CEBs, do CEBI, do SAB e da assessoria de Movimentos Populares, em Minas Gerais. Acompanhe a luta pela terra e por Direitos também via www.gilvander.org.br  – www.freigilvander.blogspot.com  www.cebimg.org.br  – www.cptmg.org.brwww.cptminas.blogspot.com.br   

No Instagram: Frei Gilvander Moreira (gilvanderluismoreira)

No Spotify: Frei Gilvander luta pela terra e por direitos

*Inscreva-se no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link: https://www.youtube.com/user/fgilvander , acione o sininho, receba as notificações de envio de vídeos e assista a diversos vídeos de luta por direitos sociais.

Se assistir e gostar, compartilhe. Sugerimos. #DespejoZero #PalavraÉticacomFreiGilvander #ÁguasParaaVida #BarragemNão #FreiGilvander #NaLutaPorDireitos #PalavrasDeFéComFreiGilvander

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *