Poema “Classe trabalhadora”, de Aldoir Betan

Poema “Classe trabalhadora”, de Aldoir Betan

Narração: Carmem Imaculada de Brito

Poema “Classe trabalhadora”, de Aldoir Betan

Dos teus braços saem muitos frutos

Alimentos e materiais que se

Transformam em produtos

Ninguém olha pra esse lado

Tudo vai para o mercado

Sempre sobra muita coisa

E as sombras onde vão?

Dizia a lei de Gérson,

“deve-se levar vantagem em tudo”

E hoje essa é a lei da burguesia

Para explorar a nossa classe

Que trabalha e se arrebenta

Muitas vezes não agüenta

E aí se mobiliza

Chora, grita, sapateia, onde pisa

Uns descalços e sem camisas

Nos dizia Tomás de Aquino

Que previa este pepino

Nos deixou um livro escrito e sublinhado

Que pegar de quem tem muito não é pecado

Meeiro, arrendatário e operário

Todos ganham menos que um salário

E se não tiver emprego

Passa frio, passa fome e, nesse mundo,

É chamado de vagabundo

Bem a frente de nossas vistas

Muitos de nós concordamos

E a mão para o diabo nós damos

Defendendo os capitalistas

Que fazem tudo e se defendem

Com uma ética individualista

Mas um dia tudo muda

E a Deus nós pedimos ajuda

Com certeza ele escuta

Se nós não deixarmos de lutar

Não sermos covardes e fraquejar

Contra toda essa maldade

Defendendo a igualdade

Temos a ética da solidariedade

Pra uma nova sociedade

Todos juntos construir

Começando pela terra

Com o lema:

Ocupar, Resistir e Produzir                                          

= = = = = = =

*Inscreva-se no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link: https://www.youtube.com/user/fgilvander, acione o sininho, receba as notificações de envio de vídeos e assista a diversos vídeos de luta por direitos sociais. Se assistir e gostar, compartilhe.

Acompanhe a luta pela terra e por Direitos também via Spotify: Frei Gilvander luta pela terra e por direitos – e também via www.gilvander.org.br  – www.freigilvander.blogspot.com

Sugerimos. #FreiGilvander #NaLutaPorDireitos #PalavrasDeFéComFreiGilvander #PalavraÉticacomFreiGilvander

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *