Poema “Cova da Onça”, de Raimundo Esmeraldino Silva (Raimundo Siri)

Poema “Cova da Onça”, de Raimundo Esmeraldino Silva (Raimundo Siri)

Narração: Carmem Imaculada de Brito

Raimundo Esmeraldino Silva, conhecido como Raimundo Siri, é Pescador Artesanal, nascido e me criado em Cova da Onça, uma comunidade que fica no município de Cairu, no baixo Sul da Bahia. Filho de um Pescador e de uma agricultora, militante do MPP (Movimento dos Pescadores e Pescadoras Artesanais do Brasil), militante na defesa da Pesca Artesanal, na defesa dos Territórios Tradicionais Pesqueiros, dos direitos humanos e em  defesa da vida.  O poema “Cova da Onça” é, na verdade uma declaração de amor à minha comunidade Cova da Onça.

= = = = =

 Poema “Cova da Onça, de Raimundo Esmeraldino Silva (Raimundo Siri)

Cova da Onça

Amo-te ao sons dos ventos, lentos e tépidos.

Meu corpo atento, se rende à tua História, à tua sabedoria viva.

A tua beleza é única, atrai o estranho e eu, estranho me acalmo e vejo a poesia que há em ti.

Nas tuas veredas eu passo, eu canto, eu me reconheço.

O Mar que toca suavemente a praia, reflete a magia, a essência do teu povo e nele me encontro.

Os teus campos resplandecem a paz na cor transparente do tempo.

Há tempo!

Me dar mais tempo

Me dar mais ímpeto…

Para te amar ao som dos ventos, lentos e tépidos…

= = = = = =

*Inscreva-se no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link: https://www.youtube.com/user/fgilvander, acione o sininho, receba as notificações de envio de vídeos e assista a diversos vídeos de luta por direitos sociais. Se assistir e gostar, compartilhe.

Acompanhe a luta pela terra e por Direitos também via www.gilvander.org.br  – www.freigilvander.blogspot.com

No Instagram: Frei Gilvander Moreira (gilvanderluismoreira)

No Spotify: Frei Gilvander luta pela terra e por direitos

Sugerimos. #FreiGilvander #NaLutaPorDireitos #PalavrasDeFéComFreiGilvander #PalavraÉticacomFreiGilvander

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *