Justiça para a vovó Liberalina e 10 famílias que tiveram o acesso a água impedido. Água não é mercadoria.

Justiça para a vovó Liberalina e 10 famílias que tiveram o acesso a água impedido. Água não é mercadoria.

Proprietária de fazenda no município de Coronel Fabriciano, Vale do Aço, em Minas Gerais, apropria-se de nascente e deixa dez famílias sem água, entre elas a vovó Dona Liberalina Arruda do Nascimento, com 84 anos, acamada em consequência de cinco AVCs. No vídeo, o clamor de sua neta, Neide, por justiça.

*Reportagem em vídeo de frei Gilvander Luís Moreira, da CPT e do CEBI. Coronel Fabriciano/MG, 29/10/2017.

https://www.facebook.com/freigilvander/videos/1721973664502862

Obs.: Inscreva no you tube no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link: https://www.youtube.com/user/fgilvander . E assista a outros vídeos de luta. Se gostar, compartilhe.

Se assistir e gostar, compartilhe, sugerimos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *