Na Aldeia Indígena Kiriri, em Caldas, no sul de MG, casa pega fogo. Vídeo 3 – 07/11/2018.

Na Aldeia Indígena Kiriri, em Caldas, no sul de MG, casa pega fogo. Vídeo 3 – 07/11/2018.

Reportagem de frei Gilvander na Aldeia do Povo Indígena Kiriri, em Caldas, no sul de Minas Gerais, dia 07/11/2018.

Vindas do oeste da Bahia na luta pela sobrevivência, 16 famílias do Povo Indígena Kiriri, ocupam uma área situada no bairro rural do Rio Verde, a 7 km da sede do município de Caldas, sul de Minas Gerais. Na área, os Kiriri construíram suas casas de pau a pique e barro, plantam lavouras de forma agroecológica, sem veneno e, mesmo sem a estrutura adequada, passando por dificuldades pela falta de atenção do Poder Público, as famílias seguem lutando pelo sagrado direito de conviver em paz e harmonia com a Mãe terra e toda a natureza. Nesse vídeo, o depoimento do Sr. Zé, que, recentemente, teve sua casa tomada pelo fogo e perdeu praticamente tudo o que havia dentro da casa: móveis, geladeira, alimentos, roupas, calçados, documentos… A CPT-MG e a Rede de Apoio se mobilizam em campanha, contando com a solidariedade das pessoas de boa vontade para que ajudem o Sr. Zé e sua família com doações. Assim, a família poderá reconstruir a casa e colocar dentro do lar, novamente, o pouco que tinham. Obs.: Em outubro de 2018, o Povo Indígena Kiriri, em Caldas/MG, foi notificado da Liminar de Reintegração de Posse, reivindicada pelo Governo de Minas Gerais. Contudo, graças à luta desse povo e de toda a Rede de Apoio, em reunião realizada em Pouso Alegre, no Ministério Público Federal, a UEMG posicionou-se com acordo de cessão das terras aos Kiriri. Aguarda-se nova reunião com o Governo de Minas Gerais para firmar os termos desse acordo. Aguarda- reunião dia 24/01/2019 na Justiça Federal em Pouso Alegre, MG, na esperança de que o Estado de MG e o poder judiciário definam pelo acolhimento do direito da comunidade indígena Kiriri de continuar nos 30 hectares de terra sagrada que estão ocupando com o apoio de toda a comunidade da circunvizinhança, do Rio Verde, mais de 100 famílias.

Reprodução / Ultradicas.com.br

*Reportagem em vídeo de frei Gilvander, da CPT, das CEBs e do CEBI. Edição de Nádia Oliveira, colaboradora da CPT-MG. Caldas/MG, 07/11/2018.

* Inscreva-se no You Tube, no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link: https://www.youtube.com/user/fgilvander, acione o sininho, receba as notificações de envio de vídeos e assista a diversos vídeos de luta por direitos sociais. Se assistir e gostar, compartilhe. Sugerimos.

#FreiGilvander

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *