O clamor do Rio São Francisco em meio à monocultura da cana: XXI Romaria das Águas e da Terra de MG. Missões. 6ª Parte. 08/9/2018.

O clamor do Rio São Francisco em meio à monocultura da cana: XXI Romaria das Águas e da Terra de MG. Missões. 6ª Parte. 08/9/2018.

A XXI Romaria das Águas e da Terra de Minas Gerais, cuja culminância foi celebrada no dia 16/9/2018, em Lagoa da Prata, Diocese de Luz, MG, teve como tema “Das Nascentes do Rio São Francisco, às Terras da Justiça” e como lema “Cuidando da Mãe Terra e da Irmã Água”. Nesse vídeo, o registro da visita de frei Gilvander, Hemerson e João Bento ao rio São Francisco, cujas águas seguem cantando o louvor da criação, mas clamam por socorro pela vida ameaçada. A região de Lagoa da Prata, antes pantanosa, pela vitalidade do Rio São Francisco, se vê cercada a partir de 1945 pela monocultura da cana, o que prejudica gravemente a Natureza, a Mãe Terra, a Irmã Água e toda a criação. Mudou a paisagem e muito sérias são as consequências para a vida, em toda sua biodiversidade. Um grito por justiça ressoa no ar: pelo Rio São Francisco, pela Mãe Terra, pela Irmã Água, por todos os filhos e filhas de Deus, por todas suas criaturas. A força do capitalismo – máquina de moer vidas – e dos capitalistas tem que ser contida. E isso é responsabilidade de todas as forças vivas da sociedade e das igrejas, de todas as pessoas que sonham e lutam por uma sociedade transformada, com justiça social, agrária e ambiental.

O Cantor e compositor João Bento, da CPT e das CEBs, e Hemerson, ambientalista de Lagoa da Prata, MG. Foto: frei Gilvander.

*Reportagem em vídeo de frei Gilvander Moreira, da CPT, das CEBs e do CEBI. Edição de Nádia Oliveira, da Equipe de Comunicação da CPT-MG.

* Inscreva-se no You Tube, no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link: https://www.youtube.com/user/fgilvander, acione o sininho, receba as notificações de envio de vídeos e assista a diversos vídeos de luta por direitos sociais. Se assistir e gostar, compartilhe. Sugerimos.

#FreiGilvander

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *