Pastoral de Rua – Ação Emergencial de Apoio às Pessoas em Situação de Rua em Belo Horizonte.

Pastoral de Rua – Ação Emergencial de Apoio às Pessoas em Situação de Rua em Belo Horizonte.

A Pastoral Nacional do Povo da Rua está tocando Ação Emergencial de Apoio às Pessoas em Situação de Rua também em Belo Horizonte, MG, e conta com a participação e apoio de quem puder contribuir. Veja, abaixo, depoimento emocionante da freira, Irmã Solange Damião, da Conferência dos Religiosos do Brasil, em MG (CRB/MG) e do Centro Ecumênico de Estudos Bíblicos (CEBI/MG).

“Luiza e eu chegamos às 18 horas mortas… Entregamos quase 2300 Marmitex. Experiência inusitada. Os nossos irmãos em situação de rua obedeciam as filas com 250 ou 300 pessoas. Eles sabiam que era chance ter aquela marmita! Já visitei os irmãos e irmãs em situação de rua, mas nunca vi tanta pessoa doente, deformada e drogada ao mesmo tempo. Mas também vi sorrisos lindos e tantos “Deus lhe pague”, “muito obrigada”, “Vocês são bons mesmo” … “As pessoas estão com medo de nós”. Fala de um morador: “queria te dar um abraço, mas sei que não posso”. Sentimentos de alegria e tristeza, de potência e impotência. Estamos todos no mesmo mar em tempestade – uns em iates e a maioria agarrada em um tronco de árvore que é tábua de salvação provisória – sem saber o certo ou errado, sem saber o que nos espera amanhã. Vivi momento de eternização e dúvida. Pensava que era mentira a possibilidade da pandemia do coronavírus e ao mesmo tempo pensava que devemos ter Esperança… Termino este dia carregada de Esperança e agradecida por todos os que nos ajudaram corajosamente, sem medo. Agradeço também aquelas/es que estiveram na Rua conosco de outras maneiras.” Solange Damião”

Convocada pelo dever humanitário de proteção à vida, a Pastoral Nacional do Povo da Rua se propôs, entre as muitas outras frentes acionadas, oferecer este blog a todos os militantes do país veiculando as ações que se tem realizado, em tempo record, para contribuir na defesa dos direitos da população em situação de rua e dos catadores de material reciclável frente à pandemia do coronavírus. “Tudo parece impossível até que seja feito”, diz Nelson Mandela, e assim, muit@s brav@s companheir@s entraram nesta luta, tornando possível o impossível. Vamos continuar lutando para juntos colhermos, nas nossas cidades, utopia, teimosia, rebeldia, sabedoria, poesia…. até que um dia todos possam ter garantida sua dignidade…

Cf. também o Blog da Pastoral Nacional do Povo de Rua –
https://pastoraldopovodarua.blogspot.com

Cf. também essa Campanha via facebook, abaixo.

Ação emergencial de apoio às pessoas em situação de rua em Belo Horizonte.A Pastoral Nacional do Povo da Rua está…

Posted by Gilvander Moreira on Friday, March 27, 2020

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *