Povo de Deus se organiza por meio da XXI Romaria das Águas e da Terra de MG: um pouco do 2º encontro da Cartilha da Romaria.

Povo de Deus se organiza por meio da XXI Romaria das Águas e da Terra de MG: um pouco do 2º encontro da Cartilha da Romaria.

Segundo dia de Missão da XXI Romaria das Águas e da Terra de MG, em Lagoa da Prata, MG, dia 10/9/2018. Foto: Júlio, da Cáritas de MG.

Assim como uma criança precisa ser gerada com todo o carinho, amor e cuidado, nossa XXI Romaria das Águas e da Terra de Minas está sendo germinada em cada encontro, em cada luta, depoimentos das irmãs e dos irmãos. O dia 16 de setembro, celebração final da 21ª Romaria, será momento de celebrar a bênção de Deus, mas antes disso, temos que consolidar nossas forças. Avante companheiros e companheiras!

 A PALAVRA DE DEUS A PARTIR DA REALIDADE.

A Diocese de Luz, na região centro-oeste de Minas Gerais, celebra o seu primeiro centenário, atenta aos desafios postos para os próximos 100 anos. Desafios estes sentidos pelo Povo de Deus a partir da compreensão dos prejuízos trazidos pelo mau uso da mãe terra e da irmã água. Somos testemunhas dos maus tratos impostos à terra pela fome de lucro que destrói nascentes, seca córregos e polui ribeirões, deixando com sede o Rio São Francisco e outros rios.

Neste sentido, acolhendo o grito profético do Papa Francisco, na Encíclica Laudato Si, para cuidarmos de nossa Casa comum; celebrando a Campanha da Fraternidade sobre os Biomas Brasileiros e a Defesa da Vida, em 2017, vivencia e celebra, em 2018, a XXI Romaria das Águas e da Terra de Minas; uma caminhada que desperta a consciência dos agentes para a dimensão socioambiental da fé cristã.

São indicadores deste despertamento a recente criação da Cáritas Diocesana de Luz, que neste ano prioriza a formação de voluntários/as para atuarem nas Paróquias como Agentes Cáritas, na construção da sociedade do bem viver; a revitalização das pastorais sociais, a exemplo das pastorais da criança, da sobriedade, carcerária, familiar e da juventude.

No 2° dia de uma Semana de Missões, dia 10/9/2018, a missionária Vanda, agente da Cáritas de Minas Gerais, relata: “Dois casos chamaram muito nossa atenção. 1° caso- A primeira visita do dia foi na casa do Sr. João Francisco à rua João Máximo Barbosa, aqui em Lagoa da Prata. Esse senhor foi abandonado por sua esposa quando as crianças ainda estavam pequenas. Sua esposa partiu com um casal de crianças e deixou um casal de crianças ainda de colo com ele. Sozinho, o Sr. João foi criando os dois filhos e ajudando financeiramente a cuidar dos outros dois. Alguns anos depois, a mãe voltou e entregou ao pai os outros filhos e ele passou a cuidar dos 4 filhos, enquanto a mãe das crianças nem os visitava. Quatro anos atrás, a vida do Sr. João Francisco foi marcada por um trágico acidente. O casal de filhos que ele criou desde bebê estava indo receber o diploma de formatura quando um inconsequente veio na contramão atingindo em cheio a moto em que estava os adolescentes. Sr. João carrega a amargura da perda dos seus dois filhos que ele estava criando e educando com muito amor e dificuldade.

O 2° caso é de uma senhora evangélica, de 87 anos, que nos recebeu de braços abertos, e nos contou a sua história dizendo que já está na quarta geração. Dona Vitória se colocou à disposição dos/as missionários/as oferecendo sua casa para recepcionar e acolher missionários da XXI Romaria das Águas e da Terra.”

Que beleza! Recordamos aqui que a Comissão Pastoral da Terra é ecumênica e ecumênica também deve ser a Romaria das Águas e da Terra.

Com urgência precisamos crescer em amor, encantamento e respeito para com a mãe terra, a irmã água, o bioma cerrado, todos os seres vivos juntamente com os povos, pois se não frearmos a avalanche de devastação socioambiental, estaremos em breve dentro de uma guerra pela água. Á irmã água é o sangue da mãe terra. Somos filhos do Deus da Vida, mas também somos filhos e filhas da mãe terra e da irmã água. Temos o dever de construir um mundo menos difícil para as crianças, as próximas gerações e todos os animais e seres vivos.  Por isso, gritamos “Das nascentes do Rio São Francisco às Terras da Justiça!” cuidando da mãe terra e da irmã água. Sejam todos/as bem-vindos/as à XXI Romaria das Águas e da Terra de Minas Gerais, na Diocese de Luz, na cidade de Lagoa da Prata, região centro-oeste de Minas, dia 16 de setembro agora (2018), das 8 às 14 horas, saindo da Igreja de São Francisco às 9 horas com a abertura oficial da Romaria. Faremos uma Caminhada Ecológica de compromisso da Igreja de São Francisco até à Praça dos Trabalhadores (Praça de Eventos) ao lado da Lagoa Praia da Cidade de Lagoa da Prata, onde daremos continuidade à Celebração da Missa sob a presidência do bispo Dom José Aristeu, com a presença de Dom Mauro Morelli, de padres, freis, irmãs e romeiras e romeiros da mãe terra e da irmã água. Sejam bem-vindas/os!

Pela Equipe de organização, frei Gilvander, da CPT.

Cachoeira Casca D’Anta: Bênção do Deus da Vida/2ª Pré-Romaria/XXI Romaria/Águas/Terra/MG. 05/8/2018.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *