Documento de 200 páginas do Centro de Estudos e Pesquisas de Direito Sanitário (CEPEDISA), da USP, entregue à CPI, comprova a estratégia do Governo Federal de disseminação da covid-19 no Brasil

Documento de 200 páginas do Centro de Estudos e Pesquisas de Direito Sanitário (CEPEDISA), da USP, entregue à CPI, comprova a estratégia do Governo Federal de disseminação da covid-19 no Brasil

Muito grave! Não foi “descontrole”!

Foi pura intencionalidade de promover o morticínio brasileiro. Leia e compartilhe o documento já encaminhado à CPI da Covid. Documentos que detalham, passo a passo, como o governo Bolsonaro trabalhou ativamente pela disseminação do coronavírus no Brasil. Não se trata de que o governo foi “omisso” ou “incompetente”.  Trata-se de que ele operou ao longo desses 16 meses de pandemia com o objetivo de produzir imunidade de rebanho via contaminação geral. O Centro de Estudos e Pesquisas de Direito Sanitário (CEPEDISA), da USP,  entregou à CPI um documento de 200 páginas detalhando tudo: as declarações de Bolsonaro, incentivando a contaminação, as fake news, as sabotagens às medidas sanitárias. Recomendamos com ênfase a leitura e divulgação do documento mais completo sobre o morticínio brasileiro até agora.  Link:  https://cepedisa.org.br/wp-content/uploads/2021/06/CEPEDISA-USP-Linha-do-Tempo-Maio-2021_v2.pdf

One comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *