Poema do Oprimido, de autor desconhecido

Poema do Oprimido, de autor desconhecido

Narração:Carmem Imaculada de Brito

Poema do Oprimido, de autor desconhecido

Apertam-me a garganta para que eu não grite,

e eu não grito!

Matam-me a criança que em mim ensaia um sorriso

e eu não sorrio!

Pisam-me os calos para que eu não me alegre,

e eu não me alegro;

Chamam-me de bobo quando faço graça,

e eu não me descontraio;

Fazem-me gracejos quando a dor me dilacera o peito,

para que eu não chore

e eu não choro;

Convencem-me que faz mal sentir saudades,

e eu não sinto saudades;

Ensinam-me que é feio ficar triste,

e eu não me entristeço;

Dizem-me para amar quando sinto ódio,

e eu não odeio;

Cobram-me a competição e o desamor,

quando quero apenas amar,

e eu não amo.

Depois, onipotentes,

vêm-me falar

de minha apatia,

de minha impotência,

de minha falta de energia,

de minha insensatez,

de minha frigidez,

de minha insensibilidade,

e como já não mais lhes entendo a linguagem,

e como já não mais faço parte do mundo deles,

e como já não mais percebo a sua realidade,

rotulam-me de um nome qualquer,

e me marginalizam em uma das prateleiras da vida.

Autor desconhecido.

= = = = = =

Edição e Divulgação: Frei Gilvander Moreira, da CPT, das CEBs, do CEBI, do SAB e da assessoria de Movimentos Populares, em Minas Gerais. Acompanhe a luta pela terra e por Direitos também via www.gilvander.org.br  – www.freigilvander.blogspot.com  www.cebimg.org.br  – www.cptmg.org.brwww.cptminas.blogspot.com.br   

No Instagram: Frei Gilvander Moreira (gilvanderluismoreira)

No Spotify: Frei Gilvander luta pela terra e por direitos

*Inscreva-se no Canal Frei Gilvander Luta pela Terra e por Direitos, no link: https://www.youtube.com/user/fgilvander , acione o sininho, receba as notificações de envio de vídeos e assista a diversos vídeos de luta por direitos sociais.

Se assistir e gostar, compartilhe. Sugerimos. #DespejoZero #PalavraÉticacomFreiGilvander #ÁguasParaaVida #BarragemNão #FreiGilvander #NaLutaPorDireitos #PalavrasDeFéComFreiGilvander

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *